Email Marketing Digital
Email Marketing Digital

O papel do Email Marketing no Marketing Digital

Tempo estimado de leitura: 4 minutos

O e-mail é uma ferramenta valiosa que atinge individualmente o cliente em potencial. Com o uso correto do Email Marketing, é possível segmentar, atingir e promover vendas! E como fazer isso?

Nada de novo, só tudo!

Com os avanços cada vez mais rápidos do mundo digital é natural que apareçam novas ferramentas para o marketing digital a cada instante. Isso, no entanto, não deveria diminuir o holofote do email marketing, visto que ele continua sendo uma das ferramentas mais importantes do marketing digital. O que o faz, às vezes, perder impacto é sua utilização inadequada.

Muitas empresas cometem deslizes na hora de utilizar essa ferramenta e acabam saturando suas listas. Tão importante quanto ter uma boa ferramenta é saber fazer bom uso dela! Afinal, não é saber segurar um lápis que torna alguém um desenhista.

Com a tecnologia mais aprimorada, os resultados alcançados em uma campanha de email marketing podem ser incríveis! É o simples que quando bem orquestrado se torna extremamente eficaz.

Tem coisas que só o email marketing faz para você!

Parte da eficácia dessa ação de marketing digital está exatamente em sua simplicidade: uma ferramenta tão simples e básica que praticamente todos que possuem acesso à internet tem, seja em ambiente corporativo ou doméstico. Isso torna o alcance dessa ferramenta enorme. Não é difícil estar certo ao dizer que você tem uma aba de seu navegador com seu e-mail aberto enquanto lê este post.

Outro ponto além do alcance é o alvo. Pelo fato do e-mail ser uma ferramenta direta em comparação às redes sociais, seu uso é valioso quando se pretende afetar individualmente um cliente.

A grande diferença de um e-mail e uma publicação no Facebook, por exemplo, é que na rede social, fala-se para todos e as diversas conversas se perdem umas entre as outras. E caso alguém não esteja online no momento da publicação, dificilmente voltará para ler tudo o que já foi publicado. Já o e-mail é olhado freqüente e cuidadosamente para ver se nada ficou de fora.

Formação da audiência

Uma base de contatos é feita de pessoas e o e-mail será o principal meio de comunicação da sua empresa com elas. Quanto mais essas pessoas confiarem na sua empresa, mais elas engajarão com suas campanhas e mais avançarão no funil de vendas.

Essa relação de confiança com sua base é estabelecida quando é enviado algo relevante, que ela de fato esperava receber e ler. Para isso só há um conselho: conheça sua platéia!

Uma importante prática positiva na utilização correta do Email Marketing é segmentar seu público. Não faz sentido mandar uma oferta de produtos infantis para quem não tem filhos ou um desconto em camisetas de bandas Pop para um fã de rock. Ou enviar uma oferta de um produto ou serviço para o cliente que já o adquiriu. Tal atitude parecerá, no mínimo, falta de organização. O envio de e-mails não segmentados diminui o engajamento e pode gerar descadastramento da lista! Ou seja, como toda boa construção, tudo começa com uma base sólida.

Por isso também não é recomendado comprar listas de e-mail ou adicionar e-mails de pessoas que nunca entraram em contato com sua empresa à sua base. Ou você não saberá quem essas pessoas são ou elas não saberão quem sua empresa é, e de todo modo isso é ruim.

É como aquela ligação no meio da tarde de uma operadora de telefone que não é a sua: você desliga. O desligar nesse caso é marcar seu e-mail como SPAM. E se muitas pessoas lhe marcam como SPAM, há a chance de em uma próxima campanha seu e-mail ir parar na caixa de SPAM mesmo para aquelas pessoas que se cadastraram para recebê-los. Você acaba por perder a eficácia desse canal.

Então não se esqueça: primeiro estabelecer uma relação de confiança, depois segmentar sua audiência para conquistar (e encantar) através de conteúdos relevantes e, por fim, manter essa relação de confiança, pois seu mau comportamento é seu maior inimigo.

Enfim…

É importante aprender a melhor forma de utilizar o Email Marketing. Existem recomendações sobre base de dados, conteúdos que devem fazer parte do e-mail e até do uso correto da frequência e horário de envio.

Depois de se atentar para todas as táticas e estratégias de uso, é necessário analisar os resultados como um todo. Boa parte das ferramentas de Email Marketing fornecem estatísticas, mas é importante compreendê-las para saber como usá-las e otimizar os resultados de sua empresa.

Gostou desse post? Cadastre-se para receber nossos newsletters. Caso precise de ajuda, ou tenha alguma dúvida, deixe um comentário ou entre em contato conosco. E para você aprender mais sobre Email Marketing, preparamos em parceria com a Resultados Digitais (criadora do RD Station) um eBook gratuito com uma introdução ao Email Marketing.

Comentários

Nosso sistema de comentários é linkado com seu usuário no facebook.
Você precisa estar logado para comentar.

Aproveite e siga-nos em nossas mídias sociais abaixo! =)